Tecnologia do Blogger.

Mais desejado - Junho

"Como Dizer Adeus em Robô é a mais linda metáfora escrita"
Autor desconhecido. 

Segue sinopse abaixo: 


Como Dizer Adeus em Robô - Com um toque melancólico, o livro conta a singular ligação entre Bea e Jonah. Eles ajudam um ao outro. E magoam um ao outro. Se rejeitam e se aproximam. Não é romance, exatamente mas é definitivamente amor. E significa mais para eles do que qualquer um dos dois consegue compreender... Uma amizade que vem de conversas comprometidas com a verdade, segredos partilhados, jogadas ousadas e telefonemas furtivos para o mesmo programa noturno de rádio, fértil em teorias de conspiração. Para todos que algum dia entraram no maravilhoso, traiçoeiro, ardente e significativo mundo de uma amizade verdadeira, do amor visceral, Como dizer adeus em robô vai ressoar profunda e duradouramente.
Ano: 2013
Paginas: 344
Editora: Galera Record(essa é sucesso)

Como dizer Adeus em Robô é um dos meus queridinhos há um certo tempo. Conheci o livro pelo vlog da pam, pra quem não conhece é só clicar o neste link aqui
Quando vi esse titulo, pra mim foi amor a primeira vista. Esta estória passa de um simples drama clichê e promete nos levar ao ápice das emoções por frases bem colocadas e que exploram o nosso imaginário emocional. 
Neste livro existem temas como bullying, depressão, solidão, problemas familiares e muito mais. 
A leitura promete ser ácida, mas nada que um bom copo de leite não resolva, ha. 
A capa é uma das mais lindas criadas ao meu ver. Com um fundo preto e este telefone rosa claro pendurado e intimidador, ficamos pensando a que parte do livro retrata esta cena, tomara que não seja um suicídio, seria bastante triste se fosse. 
A Natalie já tem outros livros lançados. No Brasil consegui achar As confissões das Irmãs Sullivan que parece ser muito bom também. 
Como Dizer Adeus em Robô inova em tudo o que estamos acostumados a ler, por isso escolhi como o mais desejado de Junho. 

Um xero. 

Livro do mês - Perdão, Leonard Peacock

Quem é o leitor que nunca ouviu falar ou então nunca assistiu alguma criação do Matthew Quick?
Na verdade eu exagerei um pouco o escritor não tem muitos livros lançados, mas felizmente ele teve destaque no livro O Lado Bom da Vida nos permitindo conhecer uma escrita admirável e sonhadora. Mas não venho falar do Lado Bom da Vida, o livro em questão é outro, nada mais nada menos do que Perdão, Leonard Peacock. 
Segue sinopse abaixo:


Perdão, Leonard Peacock - Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto

Pela sinopse o leitor já é transportado para outros ares, outra intensidade, entramos em um drama. Leonard tem um segredo e esse segredo envolve esse seu ex-melhor amigo. Leonard quer mata-lo mais antes disso ele quer agradecer e tentar fazer algo por pessoas que realmente importam para ele. Mas no final a sinopse nos dá a certeza. Leonard vai morrer. 
Quando lemos um livro de um autor novo a ultima coisa que a gente quer saber é o final e o autor inovou nisso, ele nos conta o possível final e isso nos intriga. Saber o final nem sempre é bom mas nesse ficamos com um gosto de quero mais. 
O livro é narrado em primeira pessoa, então entramos literalmente na cabeça de Leonardo e aos poucos conseguimos entender os seus motivos para o possível homicídio seguido de um suicídio. O livro tem partes inovadoras que quando li não acreditei que um autor contou isso. 
O final é o melhor final(ao meu ver), terminou da forma que deveria terminar.  A sensação é de que a vida continua. 
Apesar de não ser o mais famoso livro do autor, este merece também ser lido, por isso ele é colocado aqui no blog como o livro do mês. 

O autor botou a cara no sol neste livro.
É muito bom.



Um xero.

Lançamentos - Verus

Um dos selos do Grupo Editorial Record a Verus esse mês está trazendo bons lançamentos para o público jovem.
Não sei por onde começar este mês está difícil. 

Sorte no Jogo, Sorte no Amor - Todo mundo já deve ter ouvido, pelo menos uma vez na vida, o ditado “Sorte no jogo, azar no amor”. Mas será que ele está certo? Susana, a S das MAIS e a esportista da turma, narra as aventuras do último trimestre do primeiro ano do ensino médio. A atleta mais badalada do Centro Educacional Machado prova nesta história que os ditos populares nem sempre são verdadeiros. Fazer parte de um time de vôlei profissional é a realização de um sonho! Susana vai enfrentar seu grande desafio durante o campeonato carioca da Liga Feminina Juvenil. Ao mesmo tempo em que precisa se dedicar ao máximo nos jogos, ela é obrigada a lidar com a saudade do namorado, que sai em turnê para divulgar seu novo disco. E nada mais legal que ter as melhores amigas para dar apoio nesse grande jogo que é a vida! Mari, Aninha e Ingrid estarão ao lado de Susana em todos os momentos do livro que encerra a série. Acontecimentos surpreendentes vão movimentar a vida dessas quatro garotas inseparáveis. Vista a camisa das MAIS e vibre com suas histórias, desafios, amores e sonhos!

Parece ser um livro bem feminino na linha infato-juvenil. Pela sinopse podemos ver uma personagem principal guerreira e batalhadora que luta pelos sonhos e a sua felicidade. Quem não gosta de personagens decididos e verdadeiros? Alguém conhece algum personagem com o nome de "Susana"? A maioria dos autores gostam de colocar nome dificil nos seus personagens, então quando aparece uma katarina, um Pedro ou um Luiz, já me encanto logo. É livro 5 viu gente, então quem quiser lê tem que começar do primeiro. 

Beleza Perdida - Ambrose Young é lindo - alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose... até tudo na vida dele mudar. Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas - perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido. Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.

Procurei pela internet toda o significado de Ambrose, até que li de novo e percebi que Ambrose é o nome do cara. Que nome estranho viu. A sinopse nos passa um livro profundo e cheio de sentimentos e é isso que esperamos. A capa é super bonita e todo romance que nos ensina a importância do olhar interior a cima do do exterior merece ser lido. 

Entrelinhas - Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer - e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme. Os astros parecem estar se alinhando para realizar o seu desejo, até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. Emma Pierce acaba de receber uma oportunidade de ouro após anos atuando em comerciais e filmes para TV. Fazer o papel principal em um filme de grande orçamento, contracenando com o lindo Reid Alexander, deveria ser a realização de um sonho. Mas o coração de Emma esconde uma fantasia secreta: ela quer ser uma garota normal. Entrelinhas é o primeiro volume da série homônima de Tammara Webber, autora que já conquistou os leitores brasileiros com livros como Easy e Breakable. Embarque em mais esta história arrebatadora, que vai deixar você querendo muito mais

Como os dois livros que citei acima, este também é um livro voltado ao público jovem. Não entendi o "ela quer ser uma garota normal", se ela ta começando agora o estrelato então é só sair antes que a fama bata na porta, não é não? Só lendo pra conferir. 
A Menina que Contava Histórias - Neste romance, Jodi Picoult examina com elegância até onde estamos dispostos a ir para proteger nossa família e impedir o passado de governar o futuro Sage Singer trabalha a noite toda, preparando pães e doces para o dia seguinte e tentando escapar de uma realidade de solidão, lembranças ruins e da sombra da morte de sua mãe. Quando Josef Weber, um idoso que participa do grupo de luto de Sage, passa a frequentar a padaria, eles começam uma amizade improvável. Apesar de suas diferenças, ambos enxergam um no outro as cicatrizes ocultas que as demais pessoas não veem. Tudo muda no dia em que Josef confessa um segredo vergonhoso e há muito enterrado — ele foi membro da SS na Alemanha nazista — e pede a Sage um favor impensável: que ela o ajude a morrer. O que ele não sabe é que a avó de Sage é uma sobrevivente do Holocausto... ou será que sabe? Se Sage concordar em fazer o que Josef pediu, enfrentará não apenas repercussões morais, mas talvez também legais. Com a integridade de seu amigo mais próximo manchada, ela começa a questionar suas suposições e expectativas sobre a vida e a própria família. 

Como a Verus não podia nos decepcionar ela nos trouxe um drama com um bom suspense. Depois que foi lançado A Menina Que Rouba Livros, virou febre esse negocio, A Menina que fazia isso, que caçava aquilo, e o pior ou melhor de tudo é que os livros são bons mesmo. Custa criar um titulo diferente? Tirando isso o livro parece ser super bacana e deve tirar muitas lágrimas dos leitores. 

írio Azul, Azul Lírio - A complexa teia de intrigas, magia e ação torna-se ainda mais enigmática no terceiro volume da série Blue Sargent encontrou coisas. Pela primeira vez na vida, ela tem amigos em quem pode confiar e um grupo ao qual pertencer. Os ¬garotos corvos a acolheram como se ela fosse um deles. Os infortúnios deles tornaram-se dela e vice-versa. O problema de coisas encontradas, porém, é a facilidade com que podem se perder. Amigos podem trair. Mães podem desaparecer. Visões podem iludir. Certezas podem se desfazer. Em Lírio azul, azul lírio, o leitor vai descobrir para onde Blue, Gansey, Adam, Ronan e Noah serão levados em sua jornada para encontrar o lendário rei galês Glendower.





Pra quem não conhece a saga dos corvos ela é composta de Os Garotos Corvos, Ladrões de Sonhos e agora Írio Azul, Azul Lírio(um completo trava língua). Quem leu diz que ama e não pode viver sem, quem não leu(eu) fica na vontade de comprar. 

É isso, lançamentos para todos os gostos. Destes ai coloquei uns dois na lista de desejados e vocês? 


Um xero. 

Lançamentos - Arqueiro

Mês de junho chegando e os lançamentos não param. Esse mês que vem a arqueiro tá que tá e trouxe ótimos lançamentos para o Brasil e eu que não sou bobo conto tudo para vocês. 


As regras da sedução - Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden.
Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo.
Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.


A arqueiro como todos sabem está investindo pesado nesse romances históricos e sempre vem trazendo novos para nos presentear.  Já espero muitas cenas calientes, sensuais e claro uma boa dose de romance. 
Este é um relançamento, a mesma história com uma capa diferente pois a continuação desta série está sendo lançada também neste mês. Segue sinopse abaixo:

Lições do desejo - Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.

Então gente, este segundo livro da série parece contar com outros personagens mas com mesma família principal em mais um romance sedutor. É prometido um jogo de poder com muito desejo envolvido. Amei o trecho "exceto o que fazem juntos na cama", só quero saber se na vida real é assim. Ha! 

Memórias de Uma Gueixa - Olhos cinza-azulados. Muita água em sua personalidade, é o que diz a tradição japonesa. A água que sempre encontra fendas onde se infiltrar, cujo destino não pode ser detido. Assim é Sayuri, uma das gueixas mais famosas de Gion, o principal distrito dessa arte milenar em Kioto. Com um olhar, ela é capaz de seduzir. Com uma dança, ela deixa os homens a seus pés. O que ninguém sabe é que, por trás da gueixa de sucesso, há um passado de perdas e desilusões de uma mulher que, desde o dia em que o pai a vendeu como escrava, fez cada uma de suas escolhas motivada pelo amor ao único homem que lhe estendeu a mão. Neste livro acompanhamos sua transformação enquanto ela deixa para trás a infância no vilarejo pobre e aprende a rigorosa arte de ser uma gueixa: dança e música, quimonos e maquiagens; como servir o chá de modo a revelar apenas um vislumbre da parte interna do pulso; como sobreviver num mundo onde o que conta são as aparências, onde a virgindade de uma menina é leiloada, onde o amor é considerado uma ilusão. Já idosa, vivendo nos Estados Unidos, ela narra suas memórias com a sabedoria de quem teve uma vida longa e o lirismo de quem soube encontrar nela seu lado mais doce. Neste relato único, que reúne romance, erotismo e, muitas vezes, a dura realidade, Arthur Golden desenvolve uma escrita refinada e dá voz a uma personagem instigante e humana que conquistou milhões de leitores em todo o mundo.

Amo quando velhos contam a história. Quem não gosta daquele ar de sabedoria que só nossos velhinhos sabem fazer? Contando o passado, Sayuri  promete nos encantar com todas as suas aventuras e desilusões. Acho engraçado uma coisa. Sempre ouvimos dos mais velhos "No meu tempo não era assim", mas é só pegar um livro ou filme antigo para assistimos a "libertinagem" que era. Ha! Gostei muito da capa. Além de tudo isso há  oportunidade de conhecer uma nova cultura. Então vão comprar ou não? 

Eu Estive Aqui - Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.
Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

Mesma autora de Se eu ficar. A sinopse nos promete uma história envolvente e motivadora. A escrita da Gayle é super rápida mas ao mesmo tempo acho que passa esperança demais. É como se a gente ficasse esperando um final que não vem. Como a sinopse diz ela está  "em sua melhor forma", então se eles falaram vou acreditar. A capa é linda, não é gente?


O Que Eu Quero Pra Mim - Alice é independente, bem-sucedida profissionalmente e muito ambiciosa. Além do sucesso no trabalho, tem um namorado que é o sonho de qualquer mulher: lindo, apaixonado, louco para se casar e ter filhos. Mas ela não é qualquer mulher, e acha que a carreira vem antes de tudo. Então, quando Casseano a coloca contra a parede e exige mais espaço em sua vida, os dois entram em um impasse e acabam se separando. Em poucos dias, Alice sente que o fim do relacionamento está sendo mais duro do que esperava. Para piorar, o trabalho entra em crise e sua sócia, preocupada com a saúde da amiga, a obriga a se afastar por um tempo. As férias a ajudarão a arejar a cabeça e voltar mais produtiva. 
Com tudo dando errado ao mesmo tempo, Alice aceita a sugestão e compra uma passagem para Londres. Chegando lá, mergulha numa profunda jornada de autodescobrimento e percebe o que realmente importa para ela.O que eu quero pra mim é um romance inspirador, que fala sobre a importância de conhecer a si mesmo e descobrir as próprias necessidades antes de trilhar de forma plena o caminho do amor.


A Lycia Barros é queridinha de muitas leitores por ai. Quem ler livro dela se apaixona pela autora e pelos seus personagens. Nunca tive oportunidade de ler, mas anseio por isso. Só pela sinopse o livro já nos faz suspirar o que é um convite para uma boa leitura. Super recomendo. 


Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan.
Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos.
Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.


Pra quem não conhece, este livro volta ao inicio da trilogia Sem limites que conta a história de dois possíveis meio irmãos que se apaixonam. Recomendo começarem pelo Paixão sem limites que me lembra um pouco o livro Belo Desastre da Jamie McGuire pela sinopse. Pra quem gosta de livros de jovens perdidamente apaixonados e confusos, esta série e a ideal. 

“Predestinadas é uma história inesquecível, cheia de altos e baixos e boas surpresas. Um fim incrível para uma trilogia excepcional.” – GoodreadsCate 
Cahill acabou de ser apagada da memória de Finn, o grande amor de sua vida. A responsável por essa traição foi Maura, uma de suas irmãs, e Cate está certa de que nunca vai conseguir perdoá-la. Enquanto isso, Tess, a caçula, está às voltas com visões cada vez mais assustadoras.Como se não bastasse, a Nova Inglaterra vem sendo tomada por uma febre mortal sem precedentes. Preocupada, Cate quer ajudar a todos, mas é impossível fazer isso sem revelar seus poderes e, assim, aumentar a fúria dos Irmãos da Fraternidade, os implacáveis caçadores de bruxas.Em meio a desavenças com suas aliadas em potencial, Cate terá que se desdobrar para conseguir prestar o auxílio que deseja, proteger Tess e Finn e lutar por uma nova ordem que permita que as bruxas sejam representadas no governo de sua cidade e não precisem mais se esconder.Predestinadas é o desfecho de uma saga permeada de delicadeza, cores, magia e fortes emoções. As irmãs Cahill terão que enfrentar os maiores desafios de sua vida, e o amor que sentem uma pela outra será fundamental nessa jornada.

Esta é uma série que chega ao fim. As crônicas das irmãs Bruxas não é muito conhecida aqui no Brasil mas é super recomendado lá no Skoob. A média lá é de 4,7 então deve ser muito boa a série. As resenhas dos outros blogs então nem falo, alguns só faltam babar ha. Então se quem leu gostou,  é super recomendável. 

Este mês a Arqueiro escancarou a carteira e investiu pesado nos lançamentos de livros. 

Sambou!


Um xero. 

Top 5 - Nicholas Sparks

Tem gente que diz que são romances água com açúcar(que maldade), outros dizem que não conseguem viver sem e que sempre estão ansiosos por um novo lançamento(faço parte deste grupo). Assim é Nicholas Sparks, odiado por muitos e amado por mais ainda. 
Ao todo são 19 livros só dele e mais alguns em parceria. A verdade é que publicação deste autor é significado de muitas vendas e lágrimas também, é claro. 
Pensando nisso resolvi fazer uma lista dos cinco mais. 
Claro que não li todos dele, mas a maioria já. Então vamos né. 

5º lugar - Um Homem de Sorte

"Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografia dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela".

Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na estrada da cidade de Hampton, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Depois de sair de Colorado, há cinco meses ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre espontânea vontade. Gostava de partir quando sentia vontade, para o lugar que quisesse. Depois de passar anos cumprindo ordens no Corpo de Fuzileiros Navais, a liberdade o atraía. Até ter encontrado a fotografia.

"Um Homem de Sorte" conta a história de Thibault segundo a sinopse(como será que pronuncia?), ele fuzileiro naval por muitos anos depois de muitos perrengues no local onde ele servia resolveu deixar a profissão e  ir atrás da mulher da foto, que pelas más ou boas línguas dava sorte e livrava ele de todas as adversidades da guerra. Imagine só você só com uma foto nesse mundão tão grande sair em busca de uma mulher que nunca viu na vida? E claro que ele encontrou né, isso é Sparks. Nos livros dele tudo é possível. Não preciso falar de escrita pois para quem conhece o autor todos os livros dele são bem escritos e cheios de detalhes. Viajamos para um novo mundo.
Tem morte e não chorei. 

4º Lugar - Uma Longa Jornada
Uma Longa Jornada - Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele.
Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias.
Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.
Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade.
Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.

"Uma Longa Jornada", este pra mim é o livro "fofo" do Sparks, contando a história de dois casais que em algum momento do livro vão se encontrar e se ajudar. Acabamos nos apaixonamos por todos os pontos de vista e acabamos torcendo por um final feliz que na maioria dos livros do autor não são tão felizes assim, mas como brasileiro não desiste nunca torcemos assim mesmo. Neste eu chorei. Tem morte.
3º Lugar - A Última Música

A Última Música - Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte.
O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida.

Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.

"A Última Música", este é o meu xodó. Conhecemos a "problemática" Ronnie que é interpretada na adaptação cinematográfica por Miley Cyrus. Ela é obrigada a passar as férias com o odiado pai junto com o seu irmão no litoral da Carolina do Norte. Lá conhecemos as dores e tristezas do pai de Ronnie e todas as mágoas que todos trazem no seu corações e claro um encontro para o grande amor. Neste tem morte e pra mim foi brutal. 
Este eu chorei litros e mais litros. 

2º Lugar - O Melhor de Mim

O Melhor de Mim - Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam.
Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável.

Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois.

Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre.

"O Melhor de Mim", já foi citado aqui no post "5 Livro para chorar horrores" é só clicar aqui
Vão lá dá uma olhada. 

1º Lugar - Querido Jhon
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre.
Quando John Tyree conhece Savannah Lynn Curtis, descobre estar pronto para recomeçar sua vida. Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército, após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer, os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.

"Querido Jhon", é um livro para chorar, amar e pedir biz. Mais um clichê romântico que adoramos lê e amar. Os dois são de mundo e estilos completamente diferentes e se encontram no verão dos apaixonados. Chego suspirar ha! 


Agora é só calçar o sapato, ou a sandália e ir correndo pra livraria comprar o seu, ou então vai no PC e passa no cartão pois também somos r-i-c-o-s. 

Um xero. 

Indicação e Perfil - Renata Ventura

Renata Ventura escritora, jornalista rainha de todas os escarlatinos e escarlatinas esse ano fez 30 anos no dia 22 de março. Ai você me pergunta o que é que tem a idade dela? Ai eu digo, concordo a idade dela não tem nada demais mais eu não sabia como iniciar este post então comecei assim. Ha ha. 
Ela é a criadora dos livros A Arma Escarlate e A Comissão chapeleira. Todos dois publicados pela Novo Século Editora.
Rainha de todos os bruxos brasileiros a Renata inovou e ousou em reinventar a nosso famoso e querido  mundo da Jk Rowling. 
Para alguns pode até ser um insulto mexer e criar um brasileiríssimo mundo de bruxaria, confesso que pensei desta forma quando encontrei o livro mas sempre é bom arriscar. A vida é feita de riscos meu povo. Mas vamos fazer um "Xô preconceito". 
Hugo, personagem principal da história é um famoso anti-herói, criado e moldado pela favelas por todas as dificuldades que uma pessoa pode passar. A Renata conseguiu neste livro que eu odiasse o personagem e ficasse com a louca vontade ler ate o fim. 
Tem Personagem Engraçado.
Tem personagens emocionantes.

Tem personagens malvados.
E odiáveis?



Perceberam? Tem de tudo nesta historia literalmente fantástica. 
Além de tudo isso a Renata é daquelas pessoas que é melhor que lasanha, olha ela aqui:


E os livros dela:




Para contatar e participar dos grupos é só entrar nestes links abaixo:



Um xero.

Lançamentos - Intrínseca

A Intrínseca é uma das editoras que mais investem em livros no Brasil, esse mês já tivemos alguns lançamentos então não vou colocar aqui, vou mostrar os que estão em pré venda e daqui a pouquinho vão estar em todas as livrarias do Brasil, em bancas de jornal e com toda certeza na sua casa. 

Um livro sem figuras? O que tem de divertido nisso? Combinando simplicidade e criatividade de uma forma surpreendentemente engenhosa, O livro sem figuras inspira risadas toda vez que é aberto, criando uma experiência de diversão e interação entre adultos e crianças e apresentando aos pequenos leitores a poderosa ideia de que a palavra escrita pode ser uma fonte infinita de alegria e travessuras.
Um livro original e divertido capaz de transformar qualquer leitor em um verdadeiro comediante, que vai fazer as crianças implorarem para ouvir a história repetidas vezes.





Este é um livro infantil para todas as idades. O escritor que é o mesmo roteirista da séria The Office, nos prova que se pode entreter uma criança sem imagens. Um ótimo livro para quem tem irmãos, filhos pequenos ou para todos que gostam de idéias novas. Lá no site oficial tem mais informações. 
Em 1924, o rico montanhista inglês Ashley Walsingham morre ao tentar escalar o monte Everest, deixando um testamento que destina sua fortuna a um antigo amor, Imogen Soames-Andersson. Seus advogados, no entanto, procuram em vão. Os bens permanecem sem dono por quase oitenta anos, até que novas informações os levam a Tristan Campbell, um jovem americano que deve provar que é descendente de Imogen para ter acesso à herança.

Das bibliotecas de Londres aos fiordes da Islândia, passando pelos campos de batalha de Somme, Tristan tenta recontar a história por trás dos bens abandonados: um caso de amor arrebatador que durou até Ashley ser chamado para combater junto à Frente Ocidental; soldados desesperados cuja única esperança é sobreviver; uma expedição ao topo de uma das maiores montanhas do mundo. Seguindo a trilha de pistas que se estende por toda a Europa, Tristan se vê consumido pela memória de Ashley e Imogen, mas, à medida que se aproxima da verdade, percebe que o fim de sua busca pode ser mais do que uma fortuna.
Essas sinopses que começam com um assunto e terminam com um mistério no ar me deixam com uma raiva tão grande. Pense bem comigo "percebe que o fim de sua busca pode ser mais do que uma fortuna", o que pode ser? Ai me vejo obrigado a comprar. Droga, esse livro me prendeu. 
Momo, o adorável border collie que adora se esconder, fez uma viagem de 24 mil quilômetros com seu melhor amigo, o designer e fotógrafo Andrew Knapp, cruzando os Estados Unidos e o Canadá. O resultado é mais um livro - depois de Ache Momo - com belíssimas fotografias das diferentes paisagens norte-americanas.

Conheça o continente norte-americano de ponta a ponta participando dessa divertida aventura com Andrew e seu cachorro! Procure Momo na Grand Central Station, em frente à Casa Branca, nas ruas de São Francisco e por pequenas estradas que apenas esses experientes viajantes poderiam encontrar. Ache Momo de costa a costa é uma instigante mistura de jogo, livro de fotografias e diário de viagem.


Esse se não me engano é o segundo, pra mim é uma ideia fantástica. O cachorro sabe se esconder de uma forma que te abisma. Para dar boas risadas e se divertir com os amigos esse livro é uma combinação perfeita de interatividade e literatura. 
Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito.

Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias, envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho romântico de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes.
Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, com um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais.

Livros que fazem suspirar são ótimos não é? Mais um romance para o catálogo da Intrínseca, eles são feras nisso. Tomara que tenha final feliz como a capa promete. 
No mesmo dia em que é diagnosticado com câncer no pulmão, o matador de aluguel Roy Cady pressente que o chefe, um agiota e dono de bar que é o mandachuva em Nova Orleans, quer vê-lo morto. Conhecido entre os membros da gangue pelo nada afetuoso apelido de Big Country, por causa do cabelo comprido e das botas de caubói, Roy desconfia de que o serviço de rotina para o qual foi enviado possa ser uma emboscada. E de fato é. Mas consegue inverter os papéis e, após um banho de sangue, escapa ileso.

Além de Roy, só há mais uma pessoa viva no local, uma mulher, e num ato impensado ele aponta uma arma para a cabeça dela e a leva consigo na fuga em direção à cidade de Galveston - uma decisão imprudente e sem volta. A mulher, uma prostituta de 18 anos chamada Rocky, é jovem demais, durona demais, sexy demais - e certamente trará para Roy problemas demais.
Alternando passado e presente, Galveston é um thriller impregnado com o melhor da atmosfera noir. Uma narrativa ágil, permeada de diálogos marcantes e construída com o máximo de tensão, prova do inegável talento literário de Nic Pizzolatto.
Ha, ha. Prevejo um livro com um vilão amado por todos. Nem preciso ler o livro para saber o que vai acontecer. Eles vão discutir, ele vai salvar a vida dela de varias maneiras, ai vão ter uma noite de amor e quando pensarem que está tudo bem o mundo deles cai de novo. Ha, mentira. Eu não sei o que vai acontecer e já quero comprar esse livro. Socorro. 
Seth Casteel provocou alvoroço na internet e nas livrarias do mundo inteiro ao apresentar suas fotos divertidas e inusitadas de cães adultos e filhotes mergulhando na água para abocanhar bolinhas e outros brinquedos. Agora, ele se supera novamente: desta vez, quem toma conta das piscinas são os bebês mais fofos de todos os tempos.






Livros fotográficos de bebês só podem significar muitas bochechas e carinhas redondas para apertar. 

E é isso ai, mais uma vez a Intrínseca provando que é:

Rica


Um xero.

Mais desejado - Maio

Esse mês por minhas andanças conheci uma editora que é a DarkSide. Especializada em suspense e terror tem como principal objetivo trazer ataques de nervos e gritos assustadores a cada virada de página(palavras de leitores). Confesso que fiquei interessado pela editora e mais ainda sobre um recente lançamento que é "O Demonologista", segue sinopse abaixo: 


O Demonologista - "A maior astúcia do Diabo é nos convencer de que ele não existe", escreveu o poeta francês Charles Baudelaire. Já a grande astúcia de Andrew Pyper, autor de O Demonologista (DarkSide® Books, 2015), é fazer até o mais cético dos leitores duvidar de suas certezas. E, se possível, evitar caminhos mal-iluminados.


O personagem que dá título ao best-seller internacional é David Ullman, renomado professor da Universidade de Columbia, especializado na figura literária do Diabo - principalmente na obra-prima de John Milton, Paraíso Perdido. Para David, o Anjo Caído é apenas um ser mitológico. Ao aceitar um convite para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural em Veneza, David começa a ter motivos pessoais para mudar de opinião. O que seria apenas um boa desculpa para tirar férias na Itália com sua filha de 12 anos se transforma em uma jornada assustadora aos recantos mais sombrios da alma.
Enquanto corre contra o tempo, David precisa decifrar pistas escondidas no clássico Paraíso Perdido, e usar tudo o que aprendeu para enfrentar O Inominável e salvar sua filha do Inferno.

Sinceramente não sei o que esperar desse livro, muitos dizem que é "O melhor livro que li na minha vida(grito alto)", outros dizem "É bom, mas comparar com o Código da Vinci? afff". Já entenderam né? Prevejo altas polêmicas. 
Pesquisando mais sobre a editora descobri que eles tem um marketing incrivel sobre todos os seus livros, o que ajuda bastante na divulgação. Talvez por isso há essa ansiedade em todo o blog que vejo sobre ler esse livro. 
A capa é algo de louco e o melhor de tudo que o preço do livro é bem mediano o que facilita muito para as pessoas que não são ricas(Eu). 
Terror, esse é o problema. Normalmente me decepciono com histórias que prometem terror e suspense, claro que li alguns que fizeram meus cabelos da cabeça cair, mas são poucos, bem poucos(Stephen King que o diga). O demonologista nos promete uma dose de dependencia até a ultima folha e é isso que espero. 
Agora só falta comprar ha ha. 
Já leram? Me contem

Um xero. 

Resenha - Freud, me tira dessa!

Esse livro já li há um tempinho, se encaixa no termo de "Chik lit", um ótimo livro para dar boas risadas e esquecer um pouco dos problemas da vida. A Laura Conrado acertou a dose neste livro, segue sinopse abaixo:


Freud, me tira dessa! narra a história de Catarina, uma jovem que passa a morar sozinha em função do novo emprego. Dona de uma vida amorosa catastrófica e disposta a rever suas escolhas, Cat busca ajuda na psicoterapia. Como se não bastasse o dolorido processo de conhecer a si mesma e de adentrar na relação com seus familiares, Catarina se apaixona pelo terapeuta. No auge de sua angústia, a personagem recorre ao pai da Psicanálise para sair dessa. Por meio das confusões de Cat, é possível não simplesmente rir, mas também se identificar com a profunda trajetória de autoconhecimento e aceitação da própria história.
O livro rendeu à autora o Prêmio Jovem Brasileiro 2012 na categoria Literatura.

Ao meu ver esse livro é "digno", essa é com toda a certeza a palavra certa para descrevê-lo. Da primeira a ultima página sempre haverá momentos e falas que farão com que viajamos para o nosso próprio cotidiano, é muito massa isso. 
Catarina é aquele tipo de pessoa que ta tentando se descobrir, tomar um rumo na sua vida. No inicio parece que tá tudo dando errado na vida dela e talvez por isso eu tenha me identificado bastante com a personagem. Ha ha. Buscando uma solução para sua desastrada vida ela busca no psicoterapeuta um confidente que a ajude a entender o que passa na vida dela mesma. Ta tudo muito confuso para ela. Como se não bastasse ela se apaixona pelo terapeuta, super clichê isso né? Mas não é que isso torna o livro mais divertido. O melhor desse livro é que ele ensina, aprendendo. Deram pra entender? Acho que a autora só soube o que colocar no momento que escreveu. Esse é uma das melhores formas de escrever. 
Esse livro é o primeiro de dois(eu acho), ao todo são: Freud, me tira dessa! Freud, me segura nessa!
Mas também tem: Só gosto de cara errado e Shakespeare e elas.
Agora fiquei confuso ha ha.
Eu sei que os dois primeiros são da série, o "Só gosto de cara errado", acredito que seja um spin off e o "Shakespeare e elas", seja um a parte.
O que tenho certeza é que livros da Laura Conrado é sinônimo de muitos risos e aprendizado.
Ele é publicado pela Novo Século. 
Olha ela aqui:

Quem quizer saber mais da autora é só clicar aqui.

Um xero.


Livros onde comprar?

Quem sempre tem essa dúvida levanta a mão

Pois é, sempre há aquela duvida de onde comprar os livros. Eu mesmo as vezes não sei o que faço, algumas lojas vendem livros baratos mas demoram uma eternidade pra chegar. Outros vendem mais caros mas chegam rapidinho. Há aqueles que vendem barato, mas o frete é o olho da cara(um olho só não, dois) e também há aqueles que vendem caro mas a exclusividade bate na porta. 
Pensando nisso resolvi criar esse post sobre locais onde vendem livros e as suas diferenças.

Submarino: 
Pra mim é ótima, apesar de ter se envolvido em um ou dois escândalos envolvendo notebooks, nunca tive problema com ela. Os preços na maioria das vezes estão mais baixos do que as outras lojas, o tempo de espera também é bem curto e o atendimento ao cliente é muito bom. Uma dica é comprar livros dia de segunda feira, normalmente o preço ta mais barato neste dia. 

Americanas:
Essa fez fusão com a Submarino então é quase tudo a mesma coisa, as vezes alguns livros está mais barato que a submarino, então normalmente antes de comprar nessa, eu olho na outra loja pra ter certeza. O layout e a forma de comprar é quase idêntica com uma unica diferença que é a cor, a submarino é azul e ela é vermelha. Uma dica é ir nas lojas, sempre tem promoção de livros já vi a série Wild Cards, do George R. R. Martin por R$10,00 cada. 

Saraiva:
A saraiva tem uma vantagem super bacana pois possuem as livrarias presenciais. Espaços incríveis pra você que gosta de ler e promoções super bacanas também. Você consegue muita coisa boa lá. Um toque é o seguinte se você não quiser pagar frete na hora da compra você marca a opção "Entregar na loja", isso quer dizer que você poderá comprar o livro sem adicional de entrega, normalmente o submarino tá mais barato, mas se você garimpar dá pra achar muitas ofertas, isso beneficia muito no preço final, as vezes o livro ta mais caro lá, mas quando você percebe que pode não pagar o frete fica mais rentável.

Amazon:
Essa eu nunca comprei, lá sempre tem promoção e livros baratos. Algumas pessoas dizem que a entrega demora um pouquinho o que pode ser verdade por ser uma empresa americana. Não sei dizer se os livros são importados, o que sei é que lá tem preços bem baixos o que pode compensar muito a espera que você possa ter. 

Todas tem suas peculiaridades, agora é só escolher.

Um xero. 

Autores Internacionais Confirmados - Bienal do Livro Rio 2015

De 3 a 13 de setembro acontece a Bienal do Livro Rio 2015, cheio de novidades e autores destruidores. Esse ano parece que vão derrubar todos os forninhos e eu conto tudo que eu consegui reunir para vocês. 

Autores confirmados:


Joseph Delaney é conhecido pela série, As Aventuras do Caça-Feitiço, que são 13(eu disse treze, pasmem) livros principais mais quatro paralelos. 

Julia Quinn é romancista de época, todos são lançados pela editora Arqueiro aqui no Brasil. Sabe aquelas capas bonitas com mulheres com vestidos? Pois estão, são livros dela.

Sophie Kinsella. Ha ha, essa eu preciso conhecer ela é a criadora da série, Shopaholic sabe qual é? Não? Agora se eu te dizer, Os Delirios de Consumo de Becky Bloom. Lembra? Essa mulher deve ser hilária. 

Collen Houck criadora da série, A Maldição do Tigre, são cinco livros da série(confesso que não gostei desses livros). 

Raymond E. Feist, criador da série O Mago, ha ha eu preciso ir nessa Bienal. 

Além destes que estão no Banner no dia 09 de Maio foi confirmado o autor David Nicholls, escritor do livro Um Dia. Olha ele aqui: 

                                

Também teremos a Legh Bardugo dos livros, Sombra e Ossos, olha ela aqui:           
                                             


E a Collen Hoover tendo como livros mais famosos a série Métrica e Um caso Perdido:
                                    
Além desses claro teremos os brasileiros que não são menos importantes, provavelmente estarão lá a maioria da Editora Novo Século(Amo pegar autografo lá), a Paula Pimenta, a Bruna Vieira e o André Vianco dentre outros. 
(Vou fazer um post dando a devida atenção aos autores brasileiros)

Pra quem nunca foi no rio tem esse link que vai te ajudar. 

Então só uma pergunta essa Bienal vai sambar ou não?

                                     


Um xero.

Google+ Badge

Devoradores de Livros Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota,Programação Emporium Digital